Jantar do Ciao


Se há uma coisa que as pessoas não gostam, e com razão, é de pagar para serem mal servidas.
Entenda-se, ir a um restaurante e ter de comer à vez, numa coreografia meitculosamente articulada com o vizinho do lado. Não conseguir comer a carne porque está dura. Pedir mais comida e bebida (que pagámos à descrição) e dizerem-nos sem réstia de simpatia que já não há, enquanto passam travessas para a mesa do lado. Termos de ser nós a servir os cafés e as sobremesas aos nossos convidados, sem direito a qualquer tipo de remuneração. Ir à casa de banho das senhoras, encontrá-la embebida em bolo alimentar expelido por outrem, alertar o responsável para situação e receber como resposta um pouco atencioso "Vai à dos homens".
Mas enquanto algumas pessoas saiem do restaurante e levam a sua resignação consigo, nós decidimos deixar a nossa resignação no restaurante e pedimos o livro de reclamações.
Um pedido que se revelou tão poderoso como o próprio abracadabra, pois veio logo a simpatia que estava em falta,as imensas desculpas, e até ofertas de compensação. Tudo, para evitar a reclamação no livrinho amarelo. Não só não foi evitada, como passaremos a usar mais vezes estas palavrinhas mágicas devido à comprovada eficácia dos resultados.
Assim, pode-se dizer que foi com "magia" que acabaou o meu jantar do ciao.
De qualquer maneira no fim da noite eu estava contente, creio que a alegria era tanta que se irradiou pelas paredes do meu quarto, as quais começaram a pular em roda.
Mas eu estava contente e não era pelos motivos que pode parecer(ou pelo menos não só por isso).
Estava feliz porque as pessoas especiais, aquelas que estão lá desde sempre e para sempre, não faltaram. E não faltarão na hora do regresso, porque são das que nunca deixam de gostar de nós. Mesmo se as culparmos por tudo aquilo de que não têm culpa, se as massacrarmos com os nossos dilemas, se as envolvermos nos nossos problemas, se as arrastarmos nas nossas tristezas e sim, até mesmo se levarmos 5 pares de botas para 3 dias de passagem de ano!!!
É por isso que amanhã vou para Itália feliz!
Ciao
**********

Comentários

espirito_Ninja disse…
correcçao:

o livro amarelo agora passou a vermelho...
acima de tudo nao estudes,diverte-te!
***
Anónimo disse…
Amarelo para serviços públicos, vermelho para privados
Rita disse…
e eu tenho ali o papelinho amarelo contendo todos os pontos da nossa resignação!!!
Rita disse…
ah! e hás-me me orientar o TEU livro de reclamações k aqueles 5 pares de botas... bem, esses precisavam de uma resma de folhinhas brancas, amarelas e azuis (a amarela ficava pra mim) pra reclamar!!

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens