Notte a Firenze


Itália canta!
Saio de casa e passo por uns espanhóis que não me lembro de alguma vez ter visto mais gordos, mais magros, com mais ou menos cabelo. Eles pelo contrário, já me devem ter visto por aí (mais magra provavelmente), a julagr pelo que começaram a cantar "Passa la portugesaaaa, passa la portuguesaaaa..." Com certeza vai ser o hit do Verão aqui em Siena!
Passamos pelo meio das contradas e a coisa repete-se: começam a bater palmas a assobiar e a cantar!
Oh! E neste preciso momento chegaram os meus amigos dos tambores. Aqueles fofos que todos as tardes vêm tocar para debaixo da minha varanda!

Fartas da musicalidade aqui da zona,há já muito tempo que eu e a Alana queríamos ir a Florença by night. Em teoria já lá fomos 3 vezes: duas noites com os nossos amigos da Mensana e outra com o Tommaso, um amigo italiano a quem a Alana mudou o nome para Jimmy, porque Tommaso lhe faz lembrar "tomátou".
Na prática, devido a tempos e contra-tempos, nunca tinhamos ido. Até esta Quinta-feira!
Antonio e Manuele, que pelos nomes podiam ser portugueses mas são de Nápoles, convidaram-nos para ir com eles. Dissemos todas que sim mas no fim só eu e a Alana é que fomos devido a condicionamento de lugares. Julia Matilde vão no róximo fim de semana, quando eu não poderei ir porque já estarei no "nosso Algarve do céu azul"!
O Manuele só passou um sinal vermleho (o famoso verde tinto), só entrou uma vez em sentido contrário, e só fez duas inversões de marcha em locais com risco mais que contínuo. Portanto dentro do contexto dos condutores italianos, mais especificamente napolitanos, pode-se dizer que conduz bastante bem! Além disso as estradas italianas são péssimas e em Florença todas as ruas são iguais, de modo que a´dámos às voltas à procura da discoteca.
Uma vez chegados à discoteca, a Alana tinha nó no estomago e a cara quase verde. Mais tarde iria dizer-me que não se queria ir embora porque isos implicava voltar a andar de carro.
Se bem que acho que ela não se queria ir embora porque conehceu o amor da sua vida! Um italiano lindissimo, como se pode ver na imagem acima, fotografia da esquerda na fila do meio. Uma, duas, três, quantro, cinco vezes e mais e mais, chiça que era persistente!!! Dizia que estava apaixonado e a julgar pela cara da Alana na dita foto perece-me que foi amor correspondio à primeira vista!
E até havia concorrência! Uma bonita criatura vestida de preto e que nos chegava ao ombro dançava insinuosa e continuamente ao nosso lado.
No fim não houve nada para ninguém!
A música era um cd que punham a repetir e por isso o "put your hands up in the air" passou "só" 5 vezes.
O caminho para casa foi mais tranquilo, fomos a dormir ( A Alana seguramente a sonhar com o supramencionado amor da sua vida). Quando chegámos a Siena viam-se rasgos do amanhecer estrapolando pelo castanho das casas, e foi a Alana que me avisou para o bonito que era. Eu respondi que já tinha visto esse cenário uma vez mas que se ela quisesse podia ir com ela até ao banco do jardim e ficar a ver o sol nascer. Ao que ela me contestou "Are you crazy? I can google a sunrise if I want! Let's just go home please!!!"

Quero aproveitar para agradecer publicamente à minha irmã e ao meu tio, que viveu durante 2 dias no Consulado do Brasil para me tirar o passaporte! Tudo de modo a que eu pudesse prolongar a minha vida erásmica. E claro, à entidade paterno-maternal, que financia inteiramente o projecto "Alessandra". A todos vós, o meu GRAZIE!

Comentários

neuza disse…
Lucky Alana! Ele é relamente lindo como um pepino inchado com olhos, virado do avesso. :p
Imagino o desespero dela...
Beijinhos**
Anónimo disse…
comunque non si capisce un cazzo!!!potevi scrivere qualcosa in italiano..sei sempre la solita antipatica=)..baci
Alê disse…
E adesso come facio io a sapere chi a scritto questo?
può essere che sia Manuele puó essere che sia Antonio... però, per l'uso della parola "antipatica" mi sembra che sia Antonio... comunque... anche io ti volgio bene! ;p

p.s- sono già andata al mio bagno e sai di chi mi ho ricordato???

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!