Parabéns "Lôlaaaaaaa"!!!


A minha amiga Laura, como o próprio nome indica, chama-se Laura. Mas quando se decide celebrar o 23º aniversário num restaurante temático asiático, todos os nomes podem mudar!
E o nome da minha amiga Laura mudou desde o primeiro momento em que ela pisou no chinês da praceta de Maputo. A dona do restaurante cumprimentou-a com um grande abraço, como se fossem amigas de longa data, desde os tempos que Macau ainda era português. “Olá Lôlaaaa!!!” dizia, entusiasmada, a nossa anfitriã (mas têm que ler com o sotaque das senhoras das lojinhas do chinês!). Com um pouco menos de entusiasmo, a aniversariante tentava explicar que se chamava Laura. Em vão. Durante todo o jantar, a Lôla fartou-se de ser da malta, a Lôla pedia sangria, a Lôla desembrulhava presentes e até uma salva de palmas, foi para a menina Lôla!
Já que estávamos numa de confianças, a Lôla ( e sim amiga, vou repetir quantas vezes puder) decidiu, por retribuição de simpatia, chamar “amiga” à senhora chinesa, até culminar na invenção de um nome: “Ximini”! A Lôla chamava e a Ximini vinha. A Lôla pedia pauzinhos e a Ximini trazia. A Lôla e a Ximini conversaram e tiraram fotografias! Foi certamente o início de uma amizade multicultural e duradoura.
Às 11 da noite a Ximini já estava um bocadinho farta da sua nova amiga e por iniciativa própria, porque os chineses são 1 povo muito proactivo, decidiu trazer o bolo de anos: “Bôlu Lôla bôlu” “Não Ximini, ainda não, só daqui a mais 1 bocadinho, à meia noite” mas a Ximini não esmoreceu “Bôlu Lôla?” para seu infortúnio, a Lôla mostrou-se irredutível “Não Ximini, só à meia noite, à meia-noite!”. E a Ximini lá se resignou. Na verdade, ela tinha um nome simpático demais para nos expulsar do seu restaurante!
Num dado momento, a Lôla pediu velas à Ximini "Mas tem 23?" "sim, sim" respondeu a Ximini, voltando segundos depois com duas velas, uma delas torta.
Inevitavelmente, mas só depois da meia-noite, acabámos por sair (a barata versão gafanhoto obeso que entretanto apareceu na parede é capaz de ter impulsionado, ligeiramente, a debandada). Bem jogado Ximini! Sim, porque eu não deixo de achar suspeito que só depois do jantar e só depois da meia-noite, tenha aparecido uma barata XXL a subir pela parede!

Baratas e gambas na chapa à parte,

Foi uma grande noite para a Lôla!!!

Comentários

Enes disse…
então e a foto com a Ximini???
Enolough disse…
Entretanto fontes na Manchúria revelaram que a barata era na verdade um autómato fabricado em Taiwan e expedido por Xangai.
Lolly disse…
loooooooooool
a lôla já tava bonita nas fotos, sim sim...
obrigadaaaaaaaaaa
:D**********
Lolly disse…
(já agora, uma pequena correcção:)
Ximini não era o nome da senhora. XIMINI é uma expressão com direitos de autor, criada sabe-se lá quando mas amplamente divulgada pela amiga Teresa, AKA Gui, e significa "querida". Sempre que há alguma coisa fofinha ou assim, eis que se solta o grito de guerra: XIMINIIIIIII! o verdadeiro nome, ou melhor, o nome que decidi pôr à senhora do restaurante, foi LING-LING ou por vezes simplesmente "senhora". Na verdade, o nome dela é Linda, foi ela quem mo disse!!

com esta piquena correcção me despeço. Atenciosamente,
Lôla****

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens