Pensar

AVISO: este post é provocante e pode ferir susceptibilidades, embora não seja essa a intenção.

Eu penso de mais, é um facto. Penso em tudo e de preferência ao mesmo tempo. Penso porque sim, porque não, porque talvez.
Analiso.
Re-penso.
Não é saudável nem traz felicidade, pelo contrário. Aqui estou com o esquizofrénico, certa de que a “Pobre Ceifeira”, o “Gato que brinca na rua” e todo esse conjunto não pensante é mais feliz do que as pessoas que pensam.

“Se eu adoecesse, pensaria nisso.”

By Alberto Caeiro

Mas pensar marca uma diferença, uma atitude: nunca aceitar sem questionar, nunca pensar o que os outros pensam mesmo que seja parecido ou igual ao que eu penso, sobre o qual também tenho de pensar.
Complicado?
Sim, pensar não é fácil!

Fácil, é dividir o mundo em categorias antagónicas: bom e mau, certo e errado, feio e bonito, inteligente e burro, etc.
Fácil ,é ler um texto e beber as palavras, porque é exactamente isto, não pode ser outra coisa, e ainda por cima está bem escrito!
Fácil, é condenar um preso, é dizer que as novelas são clichés, que o Sexo e a Cidade é superficial.
Fácil, é adivinhar os números da lotaria depois de terem saído, é criticar o governo em tempo de crise, é achar que o CCB é a melhor invenção de sempre e que a reciclagem funciona.
Fácil, é acreditar dogmaticamente que o homem foi à Lua e que chegámos ao Brasil por acaso, desviados por uma grande tempestade.
Fácil, é dizer que a Manuela Moura Guedes é má jornalista, que o chocolate engorda, que a dança do ventre é um estilo pouco respeitável.
Fácil era dizer que a Terra era quadrada, que Deus estava no centro do universo ou que o lugar da mulher era em casa a tratar dos filhos.

Fácil, é ver os postes da luz no caminho e não o caminho atrás deles ou os ninhos das cegonhas lá em cima...

Fácil não é errado, ou pelo menos nem sempre é errado. Fácil é fácil, só isso.
Errado, é pensar que se está a pensar quando na verdade se está apenas a processar informação, como um computador. São muito bons os computadores, eu diria mesmo indispensáveis nos dias que correm, mas por enquanto ainda não pensam...

Porque pensar é mesmo difícil! (Mas eu prometo que não dói!)

Experimentem!

Comentários

Anónimo disse…
Esse texto foi fácil
Ale disse…
n�o somos todos?
Lolly disse…
alguém anda revoltada com as pessoas que pensam "de menos" :P

mas nem tudo é para ser pensado. há coisas que se devem sentir e pronto, para não lhes estragar a magia de se tornarem simples formas matemáticas, copiáveis e compreensíveis.

Vamos fazer como nos anuncios: "pense com moderação" ;) lol

bjuuuuu*****

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens