O regador

O Regador

Eu tinha um cor-de-rosa, insinuante. Aquele era azul e discreto. Saltitava por entre as mãos que precisavam ser duas para o agarrar. Assustava os pombos que vagueavam distraídos.
Oxalá os tivera afogado!
Se há sítio onde os pombos deviam ser proibidos, além de todos os sítios em geral, esse sítio é a praia. (Mesmo que a areia seja de pó e os guarda-sóis acrobatas assassinos).

E de repente esgotou-se-lhe a magia…

Ela podia aguentar tudo. Podia aguentar os ganchinhos que lhe escorregavam pelo cabelo
e o cabelo que lhe escorregava pelo rosto, e o peso da família numerosa e ruidosa e o sopro do vento que insistia em deitá-la a baixo e com o qual se debatia, destemidamente.
Mas que se acabasse o cultivo de flores na areia de pó com adubo de resíduos de plástico; que fosse obrigada a cessar a confecção de crepes chineses à base de deliciosos grãos de areia molhada (que a menina do guarda-sol vizinho comia feliz sem que ninguém desse por ela) isso é que não!
- Papááááá!
Foi aí que, mais uma vez, me dei conta de como as crianças são a melhor coisa do mundo! A doçura dos gestos, o baloiçar da inocência, a facilidade em ser feliz, a perseverança na luta pelos direitos que sabem seus!
- Papááááá!!!
E, claro, esses momentos de ridicularização ingénua a quais submetem os crescidos e que tão plenamente preenchem divertimentos voyeuristas.
Eu gozei o meu por inteiro e sem remorsos:
Pairava na zona um indivíduo de meia idade, com cabelo “a la” crista de galo, bling bling nas orelhas, corrente enrolada entre os pelos salientes do peito, acessórios nos pulsos e desenhos tatuados nas costas. E esta espécie de capo corpulento da máfia asiática, desceu dos seus altos assuntos e avançou pelo areal com passos firmes, irrompendo entre a multidão de toalhas estendidas, com um regadorzinho azul e delicado, que foi encher à beira-mar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens