Luis, Bien-venido a tu casa...

Já fazia 8 anos que não vinhas a Barcelona.
Pudera, gostam tanto dele aqui como do Bin Laden em Nova York e eu de beringelas.
Ah e tal foi por motivos de trabalho, a jogar em Itália não dava muito jeito.
Claro, porque Barcelona dista anos luz de Milão, não é como o Algarve que está muito mais perto (de África) e portanto ir lá passar todos os Verões é caminho.
Mas vais torcer pelo Barça não é, pelo teu grande amigo Guardiola e porque vamos, confessa, o Barça está no teu coração.
No coração dele está o Sporting e nem esse amor foi suficiente para cobrir a oferta de uma grande equipa do Qatar, ou era algum outro país famoso pela sua tradição futebolista? Isso agora também não interessa nada, amor ao clube tem o Rui Costa pelo Benfica e assunto encerrado!
É amigo do Guardiola… Faz ele muito bem, eu também queria ser amiga do Guardiola!
Mas vem como embaixador do Inter de Milão, pode lá dizer na televisão, mesmo que fosse verdade, que quer que o Barça ganhe!
O Luís lá solta mais meia dúzia de palavras em portunhol e o jornalista, felizmente, decide concluir a entrevista.
Está bem que ele era da TVE e portanto não era catalão. Mas é impossível que nunca tenha ouvido falar no “pezetero” ou nos vidros partidos do restaurante da mulher dele. Ameaças de morte, insultos que fariam Berzebu corar!
Mais que não fosse, pela escolta policial de segurança para evitar um assassinato premeditado.
Seria um genocídio ao contrário: quando todo um povo quer matar um só indivíduo.
(Sim, o Luís também deve gostar pouco de adrenalina e emoções fortes deve. Vir ao Camp Nou representar os italianos numa eliminatória da champions… os voos para ir saltar de pára-quedas já estavam todos ocupados era?).
Enfim, não tivesse bastado todas as camisas azuis e vermelhas com o nome do Luís terem sido condenadas à fogueira, podia ouvir-se como som aambiente “Nosotros no te queremos Figo muerete” ou ainda “Esse portugués hijo p*** es” (que poético)!
Mas não, o jornalista continuou a achar oportuno dizer-lhe, em jeito de aurevoir:

“Muchas gracias Luis y bien-venido a tu casa, que es Barcelona."

Como não sentir-se em casa com tão calorosas boas vindas?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens