Abençoado Portugal

O Papa esteve em Portugal. Lisboa, Porto, Fátima e quem sabe uma passagem secreta e sagrada pelo Casino de Vilamoura porque aquilo em Fátima era meio aborrecido. Os 500.000 fieis gritavam pouco e nem sequer insultavam o árbitro. Quando a missa acabou também não pediram “só mais uma”. Já avisa o ditado “quantidade não é qualidade”. Mas houve feriado e isso é que importa! Um golpe de marketing genial para, em nome de Deus, afastar esses pensamentos sujos e incestuosos das crises e dos escândalos. Preservativos grátis de Norte a Sul também teria sido uma boa ideia, mas já está muito visto e entra em contradição com a imagem de Sua Santidade.
Não que eu tenha tido oportunidade de desfrutar do feriado ou do casto aceno de um dos homens mais ricos do mundo. Não. Eu não vi o Papa quando estive em Roma e agora ele veio a Lisboa e voltámo-nos a desencontrar, porque estou a viver em Barcelona.
Terá de ficar para a próxima. Com muito pouca pena minha.
De qualquer forma no Santo António marcarei presença. Essa sim é a festa da minha verdadeira devoção! E os fieis são um sem fim de animação até a aurora do novo dia, entre pratos de sardinhas e fartura de cerveja e sangria.

Ámen.

Comentários

Anónimo disse…
Ai que a menina abandonou a pátria e agora vem para aqui dar notícias incorrectas :P Primeiro, não houve feriado nenhum. A função pública teve tolerância mas os privados - onde, tragicamente, me insiro - não tiveram direito a sair nem um minutinho mais cedo para abalarem até Fátima.
E depois, quem diz que não houve preservativos? Pois houve, sim sinhora, e, pelo que pude ler, esgotaram todinhos!http://www.publico.pt/Sociedade/18-mil-preservativos-voaram-para-as-maos-dos-fieis_1436750

Quanto aos santos, por lá nos encontraremos ;)****

Lau

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!