Porque ainda não tinha escrito nada sobre o mundial!

Os erros da arbitragem deste mundial e os erros dos próprios jogadores, vão penalizar seriamente os lucros dos bares onde eu, orgulhosamente, trabalho. Sendo a grande maioria do nosso público proveniente do Reino Unido e dos EUA digam-me lá quem se apresenterá para ver um jogo do Gana? E temos 4 bares para encher!
Sem falar no confronto imediato entre Espanha e Portugal que nos vai cortar a afluência dos locais (note-se que bem imbuída que está a total falta de imparcialidade). Não de todos, porque ao estarmos em Barcelona as pessoas sentem-se mais identificadas com a equipa do Messi que com “La roja” (ou “la coja”, como alguns catalães gostam de lhe chamar).
Eu, de momento, estou satisfeita com os resultados da minha dupla nacionalidade e delicio-me com as transmissões dos jogos de Portugal pela BBC. Os comentadores do afamado canal citam, sempre quebrando a unicidade sonora dos nomes, jogadores como Mai-re-lexxx, Si-máu ou Cu-én-tráu.
Mas voltando às contas do negócio, há que observar a ululante panóplia (e aposto que agora pensavam que eu ia falar de vuvuzelas) de anúncios do mundial em todos os formatos e por todo o lado. Desde as Pringles, ao Mc Donalds, passando por basicamente todas as cervejas e até chocolates!
Haja prosperidade na indústria da publicidade.
Ainda que a maioria sejam umas produções muito desenxabidas, parece que por ter uma colecção de jogadores de futebol num anuncio já não é preciso ter uma boa ideia a sustentá-lo, há sempre uns que surpreendem. E sem vedetas!





Nos próximos dias esperam-se mais observações futebolísticas desprovidas de teor técnico e sem qualquer fundamente fidedigno. Não percam!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!