Já não é Verão

Estalou um tremor de terra em Barcelona e o edifício onde eu trabalho, pegadinho com o templo romano de sabe Deus que século antes de ele mesmo, virá abaixo num instantinho. Ah afinal era só um trovão. E mais outro. Desde há uns dias que por cá andamos como Noé na sua arca, a navegar entre relâmpagos, casas sem luz e elevadores que não funcionam. Oh sim, que lindo que é viver no último andar com vistas da cidade e do mar. É lindo todos os dias, exceptuando aqueles em que a porta do elevador tem um papel a dizer “avariat”. Eu é que já começo a ficar avariada, com a quantidade de vezes que tenho que subir e descer esses 8 andares de lance de escada em caracol. Há quem me pergunte porque é que não tiro os saltos. Simples. Porque quando chego diante de minha porta já tenho falta de ar, princípio de asma e tonturas múltiplas, de modo que não me faz falta nenhuma apanhar pé de atleta pelo caminho. Depois imagino os efeitos endurecedores para coxas e glúteos e passa logo tudo. Mas palpita-me que o pé de atleta não passaria tão facilmente.
A cereja em cima destes céus cinzentos é ver o Papa de braços abertos na minha direcção, todo o santo dia. Porque de certeza que Gaudí projectou as torres da Sagrada Família no visionário espírito de que fossem outdoors publicitários do Vaticano.
E assim vos comunico, meus estimados fiéis, que o Outono chegou a Barcelona e que depois de amanhã vou para Ibiza resgatar o Verão!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens