O sol cansou-se...

Durante uns dias ainda me fui enganando. Um casaco curto disfarçava. Mas agora, face ao escurinho que se abate pela cidade quando apenas são 7.30, e às pétalas varridas na minha varanda alagada, é inútil continuar o engodo. Acabou-se o cheiro a água salgada e o chapéu de palha no hall de entrada. As sandálias já não podem sair à noite e as noites já não nos convidam a sair. O bronze esvai-se sem piedade, pouco a pouco, irrecuperável, até ao próximo Verão. O vento sacode ondas e persianas e a última vez que fui à praia parece estar mais longe que a última vez que perdi o guarda-chuva.
Lembro-me dos primeiros dias de amor e primavera. Que linda que é Barcelona quando começa o bom tempo! Que alegres que são as ruas e as pessoas e todos os dias parecem felizes. Vê-se pelas cores dos vernizes: rosas choque, azuis Channel e verdes fluorescentes. Agora, a moda da estação são os alertas laranjas e as bandeiras vermelhas.
Findada a relação com o leque e o céu sem nuvens, começa um compromisso sério com golas altas e botas até ao joelho, ao som das tardes no sofá. Uma nostalgia melancólica brilha nas luzes das casas que acendem essa preguiça outonal.
E de repente penso… estamos quase no Natal! Daqui a pouco chegarão as decorações, os anúncios dos chocolates, perfumes e brinquedos, e as músicas que nos fazem esquecer as loucuras dos tempos de bom tempo.
Daqui a pouco já ninguém se lembra onde tem o biquíni nem pensa em chá fresco.
O que eu mais gosto de quando o tempo muda, é de como as pessoas mudam com ele.

Comentários

ruitio disse…
olá olá
vai ao Lidl !
aqui já tem panetone , calendário do advento e painatal de chocolate.
e curte museus:é o melhor para o Outouno Inverno, aí o de Arte Moderna é 5 stars
beijocas
ruitio

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens