A bailarina e o espelho

Posso dizer que ontem aprendi a dançar. Levo anos definhando com os pés e tropeçando nas melodias do ballet clássico, do corridinho algarvio, do remix dos Djs e da dança do ventre.
Até ontem, a minha maior alegria nas aulas de dança era o espelho. Podiam passar as horas que quisessem com a professora a tentar convencer-nos de que girar a anca para o lado esquerdo enquanto se roda o corpo para o direito é algo orgânico. Porque eu me podia olhar o espelho. De frente, de lado, de costas, desdobrada em 100 poses e posturas diferentes.
Na minha casa há mais espelhos do que portas. Na rua aproveito as montras, as janelas dos carros (as dos autocarros nao porque deformam demasiado a figura) e o vidro que cobre os outdoors de publicidade, para olhar-me. Parece-me injusto que sejamos a pessoa com quem mais tempo estamos e a que menos vemos.
Mas agora há uma coisa nas aulas de dança que me emociona ainda mais do que o meu reflexo vaidoso e egocentrico. Sao as diagonais! Ontem quebrámos o espaço, rompemos as leis de Einstein e fomos pelo caminho invisível. Que esteva ali o tempo todo. As linhas abandonaram o norte, sem se afogarem no sul. Deixaram o este e o oeste em standby para desvelar o nordeste e o sudoeste com movimentos sinuosos. A rosa dos ventos deu o pino porque a dança vai para todos os lados. O corpo nao conhece sentidos proibídos e empurra-nos. Todas as direcçoes sao semáforos verdes. Descompor a lógica espacial é construir uma história nova, com mais imaginaçao e sem silogismos.
Quer isto dizer que já nao me sinto uma versao musical do Robocop quando o meu reflexo passa por mim fora de tempo a tentar apanhar os gestos soltos da professora.
Sim, ontem dançei em diagonal. Dançei em todas as diagonais.
E enquanto me ollhava ao espelho, vi a bailarina que queria ser quando era pequena.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!