A socialite

Ontem houve uma festa da Pronovias que era “A” festa da noite, the place to be. Recheada de vestidos glamorosos, gente bonita e famosos. “Nomes na lista?” “Temos pulseira” “Ah passem, passem”. A pulseira não era nossa, era de um amigo que já estava lá dentro e pediu a um desconhecido que saía para, discretamente, passar-nos o testemunho. E o desconhecido assim fez, na escadaria, mesmo em frente aos seguranças e às hostess. Colámo-nos na festa em pleno tapete vermelho. No topo do Mont-juic, com vista sobre a cidade iluminada. Famosos só reconheci dois. Porque eu não sei quem é a filha do Julio Iglésias, nem o cantor de tal nem a actriz de qual. O jet set espanhol transcende grandemente os domínios do meu conhecimento.
O primeiro famoso que vi assim que pus o sapatinho no recinto, foi o Gerard Piqué. Conhecido em Barcelona por ser jogador do Barça. Conhecido no resto do mundo por ser o novo namorado da Shakira. Como ele está sempre em todas, não foi surpresa encontrá-lo. Agora o segundo famoso, o segundo famoso fez-me engolir um grunhido de admiração assim que a sua imagem se cruzou com o meu olhar. Mais vale dizer já, porque não vão adivinhar nunca. Ontem à noite “NA” festa de Barcelona eu vi a……Cinha Jardim! Decepção? Eu sei, também não esperava vê-la numa saída rotineira de sexta à noite. Daí o grunhido. Não obstante, ali estava ela, nem linda nem bela. Encostada a um canto, cabisbaixa, tal cachorro abandonado. Não bebia, não dançava, não conversava. Ninguém falava com ela, os fotógrafos não lhe apontavam os flashes. Só eu sabia que aquela senhora de cabelo tingido de loiro e muitas horas de solário na pele era a tia mais famosa de Portugal. Fora do seu habitat nacional apaga-se aquela onda de animação, exclusividade e glamour que ela imana nas fotos da Caras. E note-se que ali ela ainda tinha a grande vantagem de ninguém a ter visto na edição da FHM em que se despiu ao lado da filha mais velha. Porque ali nunca ninguém a tinha visto. Só eu. E eu que entrei em jeito de contrabando conhecia mais gente que ela. Mas deixemo-la reclinada no seu canto de negligência social para maldizer o ambiente da festa. No terraço ninguém dançava e na pista o fumo era rei. Parecia que tinha havido um ataque talibã. Ficámos no terraço. Toda a gente olhava para toda a gente com insinuante displicência. Sem o menor pudor nos olhos. Miradas invasivas, tão minuciosas como se estivessem a tirar as medidas para um vestido de casamento. Era impossível sentir-se à vontade.
E depois havia a Torre Eiffel e a Torre de Pisa. Um par de modelos de passarela que, em poucos segundos, deitaram abaixo uma das maiores convicções da minha vida. Eu passei os últimos 24 anos a achar que era alta. Disse-me o pediatra, disse-me o meu pai, disseram-me as minhas amigas. Eu até joguei basket! Eu até fui às semifinais do Elite Model Look! E no ciclo até me chamavam de girafa! Ora se eu sou girafa estas moças são o Brachiosaurus.



Tantas vezes me disseram que podia ser modelo. Tantas vezes me perguntaram se era modelo. Tantas vezes me sugeriram que fosse modelo. E eu segui pela vida, feliz e crente que se quisesse me podia transformar numa Giselle Bundchen. Ontem tive a minha wake up call. Violenta como uma chapada na cara. Ainda bem que tirei um master porque nunca poderia ser uma top model.
Pedi ao meu namorado (que, por ter 1.95m eu também o considerava alto mas afinal não) que por favor acabasse rápido o seu vodka que eu queria ir embora. A Super-hiper-mega festa das Pronovias era um aborrecimento snob e irritante e ainda por cima fazia-me sentir pequenina e gorda.
Convenhamos, quão frustrante é voltar de um festão de elite em Barcelona e constatar que o mais emocionante que temos para escrever no blog é que vimos a Cinha Jardim?

Comentários

i disse…
não percebo pq é q nao foste falar com ela!!
Ale disse…
E dizia-lhe o quê? Ola tia Cinha eu também sou portuguesa quer ser minha amiga? Venha daí que lhe apresento os meus amigos 30 anos mais novos que a Cinha.
i disse…
isso foi uma piada super inteligente sobre os 60 anos do comunismo na china? bem, é que foi mesmo boa lol

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens