Oslo

Nao sabemos porque é que estamos aqui. Nao sabemos se já estivemos antes, se voltarems a estar depois. Nao sabemos se as nossas vidas têm um objectivo ou se o destino as arrasta como se fossem graos de areia. Porque nem sequer sabemos se o destino existe.
A única coisa de que temos certeza nesta vida, é a morte. E desconhecemos os seus dados pessoais. Nao temos hora nem lugar marcados. É quando ela quiser.
E mesmo assim vivemos felizes, como se tudo nao fosse efémero. Ou pelo menos tentamos. Saímos no sábado à noite, vamos à praia no domingo se o tempo deixar. Comemos doces e coisas más para o colesterol porque nos dao prazer.
Nao precisamos de saber muita coisa para sermos felizes.
Mas um dia alguém acorda e acha que tem uma missao a cumprir. Explodir um par de avioes, uma meia duzia de comboios ou uns quantos carros. Matar 80 pessoas a sangue frio.
Porque sim. Porque tem de ser assim. Porque eles sao os que sabem tudo. Sao os melhores. Nós? Nós nao percebemos nada do mundo. Nós só queremos viver tranquilos e ser felizes. E que nao subam mais os impostos nem a idade da reforma. E se possível, nunca mais deixem o José Castelo Branco ter um programa de televisao.
Agora eles nao. Eles sao todo poderosos, gloriosos, virtuosos, poços de fé e sabedoria. E estao tao dementes, tao anestesiados pelas suas convivçoes crueis e estúpidas (sim, estúpidas, vazias, sem lógica e sem humanidade) que ainda acham que lhes deveríamos agradecer.
Obrigado por nos causarem destruiçao, dor e revolta. Cada vez mais revolta contra vocês. Terroristas, extremistas, talibans, racistas.
E é aqui que falha esse ténue equilibrio entre a ignorancia e a vida. Podemos viver sem saber, mas nao podemos entender qual é o sentido de dar vida a pessoas cujo objectivo será destruir outras vidas? E qual é o objectivo de criar outras vidas para serem destruidas assim, aleatoria e violentamente?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!