Recaída

Naquele instante de precisão, faltou previsão. O de repente não deu tempo. Uma imagem, mil lembranças em torrente.
As nuvens ao fundo, trazem o vestido branco com manchas negras das poças que saltitávamos. Lembram a chuva na janela daquele quarto que albergou mais felicidades do que roupa nos armários. Lembram um frio gostoso, derretido na Tea House. Era assim que se chamava?
A torre do relógio, altiva e esguia, destaca como uma top model. As suas badaladas marcam as noites que passámos diante dela ,esquivando o sono com uma garrafa na mão, e as tardes que adormecemos ao sol.
O pensamento corre pelos caminhos misteriosos de pedras encantadas, de tantos séculos de passadas, com argolas de ferro na parede, para os cavalos.
Repousa no parque, vê ao longe os montes verdejantes e a Universidade, antigo Hospital Psiquiátrico.
É uma loucura.
Todas as casas têm a mesma cor.
Parece um quadro renascentista. Só que o ar é feito de gargalhadas, aventuras e desventuras. E cheira a gelados, a pasta e a pizza. É que a Mensa está mesmo ali ao lado: comida, sobremesa e bebida por 2€.
No Duomo, o terceiro de Itália contou-me um jogador de futebol, não se pode entrar com mini-saia nem com decote. A casa do Senhor só é para todos desde fora. Não faz mal, vamos ao palazetto ver os campeões de basket de Itália ganhar algum play-off com 3 prolongamentos. Desde esse jogo, há quase 5 anos, não perderam um único campeonato.
No estádio de futebol é diferente, festeja-se mais por menos. Não descer de divisão é uma conquista!
As vozes estrebucham em italiano rápido, os momentos grandes, pequenos, assim-assim, desfilam em flashback,como no cinema, acompanhados das caras de quem não me esqueço.
Pensava que depois de 3 anos de vida na minha Barcelona querida estas memórias já não me apanhariam de surpresa. Que com o cada vez mais ansioso desejo de ir viver para NY, o passado ficaria lá atrás. Quietinho.
Em vez disso aparece, reaparece e volta a aparecer.
Afinal, Siena continua a ser a paixão da minha vida.






Comentários

Anónimo disse…
saudades imensas, inclusive' daquela tempestade inesperada!... *sigh*
:,)xxx
V

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens