"And I just called to say I love you... "





“¡Papa espera su regalo!”
Foi assim, com uma mensagem push no telemóvel ,que a querida da Sephora me recordou que o dia do pai se aproximava. Tomei nota: nao esquecer de desejar feliz dia do pai, é já para a semana.  Quanto ao “regalo”, digamos que o meu pai nao é exatamente o target primordial da Sephora, além do que tem vários interesses que passariam à frente de um perfume ou um aftershave.
Hoje, chegado o dia e gozando eu de viver uma hora no futuro em relaçao a Portugal, consegui ligar-lhe a tempo de o apanhar em casa. Queria felicitá-lo pela fresquinha, para o deixar contente para o resto do dia. Desviou-me a chamada, para eu nao gastar dinheiro (fofinho) e ligou-me em seguida.  A conversa foi mais ou menos assim:
- Ola pai!!! – tom efusivo.
- Oi Alexandra, tudo bem? – tom tenso e preocupado.
- Sim... FELIZ DIA DO PAI!!! – tom explosivo.
- Ahhh!!! Hoje é dia do pai.. aaah...é verdade, nem lembrava... eu e a mamae já estávamos aqui pensando que tinha acontecido alguma coisa p’ra você tar ligando e tao cedo... – tom de alíííííííííívio.

Pronto... ser pai é isto.   
É  viver num constante sobressalto. 
É receber uma chamada das filhas no dia do pai e pensar em 25 catástrofes naturais, 14 hecatombes e 50 acidentes domésticos, tudo ao mesmo tempo.
E por isso mesmo o meu pai merece um dia só para ele e um obrigado de proporçoes tridimensionais infinitas!!!
Já na Sephora uma pessoa nao se pode fiar, porque se o papá se assustou só com a chamada, nitidamente nao estava à espera do “regalo”.
É nao desanimar e tentar outra vez, equipa de marketing da Sephora.
Se calhar no dia da mae corre melhor...


P.s - como se nota, estou a escrever num teclado sem til, ou, extremamente mais provável, num teclado em que eu nao sei fazer o til.  

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens