Bday The Musical

Este ano a festa foi no Karaoke. Não é o sitio mais glamoroso do mundo, mas é um dos mais divertidos. Principalmente quando não se sabe cantar, como é o meu caso. A primeira vez que joguei ao Sing Star na playstation, o nível da minha pontuação chamava-se “deficiente de ouvido” e tinha um ícono que representava um vidro a partir-se. Esmagados, assim, todos os laivos de esperança de me vir a transformar na próxima Miley Cirus, dediquei-me a cantar em Karaokes every now and then. Porque no Karaoke quanto pior cantamos, mais nos divertimos!
O problema é que há profissionais que vão para o Karaoke treinar. Cantam muito bem, sim senhor, mas não tem graça nenhuma e desmotiva os demais. Mal nos sentámos, assomou-se ao microfone um fofo para cantar Nessun Dorma. Perdonaaaa??? Mas quem é que pede para cantar uma ópera num karaoke com máquinas de fumo, disco balls e chapéus de cowboy no palco? Omessa! 
Obviamente o pequeno Pavarotti sabia o que estav a fazer. Cantou e encantou, deixou-nos boquiabertos.  A meia dúzia de pessoas que por ali havia aplaudiram de pé. O problema? Ninguém ficou com vontade de cantar depois dele, ou de voltar a cantar alguma vez na vida.  Sensações que se dissiparam com um pouco de Vodka e... de repente já éramos todas a Gloria Gaynor (o I wil Survie é sempre um clássico imprescindível no Karaoke l) e as Spice Girls. A letra ia muito mais rápido do que os nossos lábios, as nossas vozes quase não se ouviam e os nossos corpos moviam-se em descoordenada sintonia.  Não sabíamos como ajustar o microfone. Ou seja, mais perfeito impossível! Seguiram-se outras canções, cuja nossa performance foi lamentável, talvez até mesmo ofensiva para os autores das músicas. Ainda assim, recebemos aplausos.Suponho que pelo espírito e devoção. E também nós, aplaudimos, bailámos e cantámos quando outros destemidos tentaram cantar, sem sucesso. Adornámo-nos de plumas cor-de-rosa, chapéus e perucas que em nada combinavam com os nossos outfits pipi, e já não nos voltámos a sentar.
Um dos aniverários mais divertidos e, com certeza, o mais musical.

Para o ano há mais e melhor!





Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens