Aquele Verão de 2014

Amiguinhos, lembram-se daquele Verão em que acordámos ao som das gotas de chuva e com o inconsciente ainda nauseabundo e dormente, saltámos da cama para ir recolher a roupa que se afogava na corda?
Aquele Verão em que não era preciso meter o chocolate no frigorífico e não apetecia assim tanto comer melância.
Aquele Verão em que, relutantes e inconsoláveis, tivemos de comprar um guarda-chuva.
Aquele Verão em que olhámos para o ar condicionado e pensámos, se calhar é melhor subir a temperatura.
Aquele Verão em que não dispensámos o cobertor de Inverno.
Aquele Verão em que o casaquinho de meia estação foi o nosso melhor amigo.  
Aquele Verão em que houve uma quebra drástica no consumo de ventoinhas e leques.
Aquele Verão em que na praia só estavam a areia e o mar.
Aquele Verão em que olhávamos pela janela e voltávamos para a cama, deprimidos.
Aquele Verão em que as montras das lojas de roupa, com as suas vanguardistas coleções de outono e inverno em Agosto, faziam sentido pela primeira vez.
Aquele Verão que nunca chegou. Que cada vez que o sol se aventurava a brilhar mais forte pensávamos agora é que é e no dia seguiente a tempestade lavava as nossas esperanças.
Aquele Verão em que não foi preciso usar protetor solar, porque o espesso manto de nuvens cinzentas prevenia qualquer tipo de insolação.
Aquele Verão em que calçámos galochas no pico de Agosto.
Aquele Verão em que os turistas luziam o drama no olhar e vários casais romperam relações depois de umas férias tormentosas em Barcelona.   
Aquele Verão em que Londres pareceu um destino adequado para espevitar o bronzeado.
Aquele Verão em que cancelámos a barbeque na piscina, o passeio de barco, os desportos nauticos e o chapéu de palha.
Aquele Verão em que ousámos sair à noite com botas pretas por cima do joelho.
Aquele Verão em que não passávamos um dia sem o nosso cházinho de menta com mel e limão. 

Pois é, este Verão está a ser um Verão inesquecível, do qual não reza a história memória. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!