Ale's NY GUIDE - chapter 6 - Favorite spots

De entre todas as peças e cores que compõem o puzzle de NY, vou arriscar fazer uma seleção das minhas preferidas. Não é fácil, mas há sítios especiais que merecem um espaçozinho neste blog.
O meu favorite spot mais preferido de todos os spots preferidos é o Bryant Park. 





A principal razão desta preferência é o facto do Bryant Park albergar a NY Public Library. 



A NY Public Library é um palácio de livros erguido em forma de master pice arquitetónico, onde cada recanto nos sussurra inspiração. Onde os passos ecoam e contam estórias. Onde as vozes se calam para ouvir o que as paredes têm a dizer. E elas têm tanto que contar!
O entrelaçado de corredores parece levar ao infinito mas, acertando no caminho, vamos dar às salas de leitura principais, douradas e majestosas, tão silenciosas como belas. E o mais bonito é que qualquer pessoa pode entrar, sentar-se e lêr, pesquisar, escrever. Ou simplesmente respirar, porque o ar sabe a letras com espasmos de magia.
A entrada é grátis, o cartão de sócio é grátis, a utilização da sala de leitura é grátis. A Ny Public Library é, muito provavelmente, o prazer mais democrático desta cidade.





















Num registo mais  opulento e hollywoodesco, foi nas escadas de mármore da entrada principal da NY Public Library que o Mr. Big deixou a Carrie mais pendurada que um presunto, no dia do casamento (Quando ela tinha um pássaro morto no toucado). Dramas à parte,  não foi por acaso que o personagem New iorquino mais badalado e romântico de todas as séries de televisão, escolheu a NY Public Libray para se casar. Nas palavras de Miss Bradshaw  esta biblioteca é “The classic New York landmark that housed all the great love stories”.









A Ny Public Library conjuga e resuma dois amores meus: escrever e Nova York.














E depois sai-se  da biblioteca e o Bryant Park estende-se a nossos pés, rectangular e verde, como um Oáis em pleno deserto de cimento, ladeado de mesinhas e cadeiras que namoram no meio das flores. 
Há uma esplanada e um restaurante  que se misturam nos tons verdes e brancos do parque, não sei se a comida é boa ou não, mas o sítio é lindo.
Pensando fria e futilmente, é também por isso que adoro o Bryant Park – porque é lindo.
Especialmente nos dias de sol, onde toda a sua harmonia resplandece ainda mais.
Cenário idílico para uma sessã de fotos...


          



Ao longo do ano,  o parque é palco de variados eventos como mercados de Natal ou de comidas de todo o mundo, exposições, atuações, aulas de ioga e um ringue de gelo no Iverno!

                             


Central park poder ser o pulmão de NY, mas se me perguntarem a mim, Bryant Park é o coração. 



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!