Vida dupla

Pareço um shuttle de aeroporto, num vai-vem entre dois trabalhos e castings. Longe estão os tempos em que uma pessoa emigrava para conseguir um trabalho. Agora, as pessoas emigram para conseguir dois ou três, porque só um não chega para pagar o aluguer.
A maioria das pessoas entre os 20 e os 30 anos, apróximadamente, são uma coisa assim p’ra lá de espetacular (desenhador, escritor, fotógrafo , actor, músico, pintor, DJ...) mas que não dá dinheiro nenhum, e outra coisa qualquer que não lhes interessa minimamente (bartender, empregado de mesa, empregado da Zara, recepcionista de qualquer coisa, hospedeiro de eventos, dançarina de discoteca, hostess de club) mas que paga as contas.  Normalmente, as duas profissões são ainda intercaladas com estudos académicos, aprendizagem de idiomas e uma carreira de modelo que nunca vai chegar a acontecer.  Porque hoje em dia toda a gente é modelo (e blogger de moda)!

Imagino que a Gisele Bundchen se sinta mais ou menos como eu, atarefada e dividida entre dois anúncios simultâneos de perfumes, o Chanel No 5 e o VIP Rose, mas com uns milhões de euros a mais... 







Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!