One Ocean

Hoje almoçámos ao sol, à beira mar, rodeadas de iates. Vistas para Montjuic e para o Colombo, imponente no princípio da Rambla, supostamente apontando o caminho para a América, mas quem pode realmente saber se é verdade? Ali, o que se vê quando se segue o indicador do navegador é o centro comercial Mare Magnum. Tanto quanto sei o caminho para a América é na direção da Praça de Espanha, que é para esse lado que fica o aeroporto.  Enfim, coisas em que tropeçam os pensamentos quando temos o privilégio de não ter mais nada em que pensar.
O último dia das férias da Páscoa deste ano, das quais não usufruí se não hoje, foi uma espécie de Verão prematuro. Um pedido claro para estar esparramada ao sol, comer um entrecôte e beber um copo de vinho branco. Ok, se calhar o entrecôte foi mais um pedido claro do meu estômago que do Verão prematuro em si, mas eu mereço, há 10 anos que não vivo com a minha mãe!
Fomos experimentar o One Ocean Club pela primeira vez, um sítio novo, com o conceito muito NY e muito Londres de members’ club.  Pode parecer elitista, mas na verdade é bastante acessível, tem apenas que manter um certo status por pertencer à marina.
 É um sítio cheio de luz, por fora e por dentro, a comida é boa e os preços não são baratos mas também não são assim espampanantes. Tem umas espreguiçadeiras deliciosas e uma parte de bar que deixámos por explorar.

Não é para ir almoçar nem jantar todos os dias. Mas é, decididamente, um sítio onde ir. 


Comentários

Mensagens populares deste blogue

O síndrome de Bridget Jones

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens