Um dia destes vou presa...

Não sou uma pessoa que prima pela paciência. A minha mãe costuma dizer que nasci à pressa, tão rápido que a própria enfermeira não acreditava que eu já vinha a caminho, até que me viu a vir e foi a correr buscar a médica.
Tenho muitas virtudes mas, realmente, saber esperar, ter calma e aguardar, não fazem parte da panóplia.
Eu sou mais impulsos, rompantes, emoções à flor da pele. O aqui e o agora (já!) são as minhas leis de vida.
Isto tudo para dizer que qualquer dia vou presa por impertinência e desacato à autoridade.
Como expliquei no post anterior, o meu banco mandou-me ir à polícia para denunciar a cópia e uso fraudulento do meu cartão de crédito. Acontece que o senhor agente que me atendeu insistiu em dizer-me que  eu tinha de apresentar os movimentos bancários dos últimos 6 meses par poder  fazer a denúncia. Claramente um despropósito. Eu tinha os movimentos que o Banco disse que eram precisos, mais um email do departamento de fraudes fiscais que explicava tim-tim por tim-tim onde como e a que horas é que me tinham copiado o cartão, bem como o montante extorquido. Mas o senhor agente não se queria dar ao trabalho de ler o documento e empacou que sem os 6 meses de movimentos não podiam proceder a uma investigação. HAHAHAHAHAHAHAHAH!!! Uma investigação! Denunciei o roubo de um computador numa sala de aula da UAB (onde há câmaras) e não houve nenhuma investigação, denunciei o roubo de um iphone no metro (em frente às câmaras) e também não houve nenhuma investigação, mas está-se mesmo a ver que vão investigar a cópia de um cartão de crédito.
Depois de muito ricochete de palavras numa intensa tentativa de lhe explicar como é que tinha de fazer o seu trabalho, o senhor agente lá percebeu que eu tinha razão.
Mas olhe, tem duas horas de espera para fazer uma denúncia.
O quêêêê??? Duas horas??? Mas estamos no meio de uma favela do Rio de Janeiro? Numa esquina escura de Chelas? Ou num gueto do Bronx?
Pois, se quiser é melhor voltar amanhã.

Pois, pois é. Então adeus, muito obrigada por me fazer perder tempo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!