Quando a solução se transforma num novo problema...

Na semana passada vi figos e fiquei com vontade de comprar. Mas não havia leite condensado e toda a gente sabe que os figos, ou se comem com leite condensado, ou não se comem. Esta semana lá estavam eles outra vez e não resisti, vieram para casa entre uma melancia e duas bananas. Comprei leite condensado noutro lado e realizei o meu desejo. E fiquei com uma lata de leite condensado aberta, praticamente inteira. Diz a lata que, depois de aberta, é preciso consumir em 2-4 dias o que coloca o consumidor sob tremenda pressão. Eu até como leite condensado à colher, mas apenas o suficiente para evitar uma intoxicação alimentar.
Eis se não quando, tive uma ideia que me pareceu brilhante, modéstia à parte.
Comprei margarina, despejei a lata de leite condensado na frigideira, juntei-lhe 4 colheres de Nesquick em pó e mexi até aquilo fazer bolhas e ganhar uma consistência pegajosa. Deixei arrefecer et voilá!
Agora tenho aqui um brigadeiro que não consigo parar de comer.
Está tão bom e sabe tão bem e a colher é tão pequenina que zasca, é um impulso indomável e assim se foi quase meio brigadeiro numa questão de horas. 
Temo uma taquicardia diabética a qualquer momento.

Mas sim, efetivamente, a lata de leite condensado deixou de ser um problema...


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já cá estou outra vez, desculpem a demora...

Aproveito o 8 de Março para dizer que as mulheres deviam ganhar mais do que os homens

Um fim de ano especial, com festa no Palácio Real!